Intercâmbio de 1 mês vale a pena?

Facebook
Facebook
PINTEREST
PINTEREST
Instagram

Talvez essa seja a pergunta que mais aflige quem gostaria de dar uma up no inglês, mas não tem tempo e/ou dinheiro para fazer isso.

A algumas semanas dei uma entrevista para uma revista (conto em breve) de como foi minha experiência em Toronto no Canadá, cidade em que escolhi para aprimorar o inglês (em 2015). Divido então os pontos positivos e negativos dessa experiência e quais as dicas para aproveitar melhor esse período.

Estudar fora um mês vale a pena? O post conta como é a experiência de fazer um intercâmbio de curta duração para estudar inglês.

Pontos positivos

  • Horas de aprendizagem

Enquanto aqui no Brasil temos normalmente dedicação de 2 a 5 horas semanais (20 horas mensais), aprendendo outro idioma, durante um intercâmbio de 1 mês, você terá no mínimo 80 horas, em média 100 horas, ou seja você aprenderá em um mês o que aqui demora um semestre.

Isso se contarmos apenas o período de sala de aula, se você se esforçar e praticar, poderá ter uma bagagem bem maior que muitos anos de estudo por aqui.

Além disso, as frases mais comuns começam a sair naturalmente, sabe aquele medo de perguntas iniciais, ou de pedir desculpa por algo? Esqueça, isso vai acontecer tantas vezes, que rapidamente se tornará coisa da passado.

  • Ter o contato com outras culturas

Nem só de samba, caipirinhas e feijoada vive um brasileiro certo? Então em outros países eles também possuem esteriótipos que nem sempre condiz com a realidade. O intercâmbio mesmo que de curta duração te ajudará a ver as pessoas de uma forma diferente, respeitar mais o próximo, as diferenças.

  • Atividades extras, networking

Você conhecerá muitas pessoas e terá ótimas lembranças pois as escolas promovem atividades extras e para as pessoas com foco em negócios, o Networking pode ser de grande valia.

Pontos negativos

  • Controle as expectativas

Apesar de ser válido o intercâmbio de 1 mês, não vá com expectativas de voltar fluente, cada pessoa tem um ritmo de aprendizado.

  • Prova de nivelamento

Não tem como fugir, no primeiro dia de aula a escola precisa saber seu nível de idioma para colocá-lo na turma certa. Depende da escola isso pode ser tranquilo, mas prova é prova dá uma tensão. Ah, a cada 2 semanas também tem a prova para verificar sua evolução, quem pensou que intercâmbio era férias, esqueça.

  • Se tiver o inglês melhor aqui.. aproveitará melhor lá…

Isso é fato. Se o seu nível de inglês for alto, poderá aproveitar melhor, mas isso não te impede de mesmo com o básico ir tentar. O problema disso é que talvez não aproveite o tanto que deveria.

Intercâmbio de um mês é valido sim, mas é importante seguir algumas dicas para que esse período tão curto seja bem aproveitado, aliás intercâmbio não são férias, é preciso dedicação. Segue algumas dicas para quem está amadurecendo essa ideia:

1 – Estabeleça um orçamento / Escolha o destino que mais se adapta ao seu perfil

Se você não gosta de frio, escolher um período assim pode te deixar decepcionado com a experiência, e passa tão rápido que é melhor verificar com cuidado para onde você deseja ir. Estabelecer um orçamento também te ajudará a escolher o destino, já que existem destinos que a moeda está melhor mas a passagem estão caras ou vice e versa.

2 – Pesquise empresas idôneas no mercado

Intercâmbio é um pouco diferente de viagem de turismo, algumas escolas nem aceitam contratar o serviço diretamente sem intermédio de uma agência. Existem diversas empresas e os valores são bem variáveis, pesquise com cuidado, um site que poderá te ajudar é o Reclame Aqui, mas nem sempre o que as pessoas colocam fará sentido. Eu já vi mãe reclamando da agência porque o filho reprovou ou não conseguiu estágio na área ( é preciso bom senso ).

3 – Leia blogs, revistas especializadas

Blogs e revistas poderão ajudar nas atividades, compartilhando suas experiências. Sempre temos a aprender lendo. A internet é de grande valor para esse tipo de pesquisa hoje em dia.

4 – Vá estudando o idioma por aqui

Se você chegar ao destino com o nível de idioma alto, aproveitará mais, mas isso não impede de pessoas com nível básico vá e tenha boa experiência. Escrevo com propriedade sobre isso pois foi o meu caso – inglês básico do básico e foi durante o intercâmbio que destravei e aprendi a gostar de estudar o idioma, consequentemente o que me ajudou a evoluir.

5 – Leia sobre os costumes e respeite a cultura

Essa regra é muito importante, assim como escolher o destino, saber os costume e cultura ajudará a ter um bom relacionamento com sua homestay.

Apenas a título de curiosidade: os canadenses tem costume de não almoçar (comer apenas um lanche no horário do almoço) e jantar as 18:00, e o jantar é um refeição importante por isso todos os dias as 18:00 na minha homestay eles esperavam por todos para o momento de refeição. Se não fossemos jantar, eles pediam para avisar antes para não ficarem esperando, já que são pontuais.

6 – Planeje as atividades

Algumas escolas possuem lista de atividades da escola, inclusive com valores. Essas listas poderá te ajudar no planejamento da viagem com dúvidas comuns (Quanto levar de dinheiro? quais as atividades da escola? Como fazer amizade? )

Um exemplo é a escola ILAC que disponibiliza no site as atividades do mês para os estudantes {Veja aqui}. Participar dessas atividades será de grande valia para dar um up no idioma.

7 – Informações na escola

O primeiro dia é normalmente o dia de fazer as provas de nivelamento e receber instruções sobre o país, as regras básicas. Além disso esse dia é ótimo para começar a socializar.

Tive experiência com a ILAC que foi sensacional nesse quesito, eles fazem das provas um momento tranquilo e atividades de socialização. Ótimo para começar com o pé direito.

8 – Vá as atividades da escola

Já falei no item 6 e 7 sobre isso, eu sei, mas é reforçar que usar o inglês apenas no período de aula não será suficiente para alavancar no idioma. Lembra que falei das expectativas? Tudo depende do quanto se envolve em aprender. Pesquisas revelam que a maior parte do aprendizado durante o intercâmbio ocorre via socialização.

9 – Pratique

Não tenha medo de errar, aquele velho ditado ‘Errando que se aprende’ se encaixa perfeitamente a esse momento. Quanto mais utilizar o que aprendeu em sala, nos períodos fora de escola te ajudarão nesse pouco tempo.

As escolas normalmente tem regras para que entre os alunos seja utilizado apenas o inglês, será inevitável querer falar no seu idioma nativo, mas esforça-se alias você está pagando (ou alguém está pagando ) por isso.

10 – Registre

Registre tudo. Esse período por mais que seja de um mês te ajudará a amadurecer e você sentirá falta.

Enfim, o texto foi longo, mas é que de intercâmbio eu tenho tanto a dizer rs Sobre a minha experiência fica para um próximo post ;-D

Obrigada pela visita 😀
Siga @holidaymeoficial no instagram e curta nossa página /holidaymeoficial no facebook.

Organize sua viagem

Hotéis e pousadas

Alugue um Carro com a Rentalcars e fuja de IOF, você pode parcelar, pagando em real.

Viaje tranquilo! Faça o Seguro Viagem Promo – utilize o código HOLIDAYME5 e tenha desconto na compra do seu seguro viagem

Comments

comments

author avatar

Analista de Sistema e Negócios, que ama o antes, durante e depois de uma viagem.